O lamentável estado dos animais do circo Roma Dola em Granada, na Espanha. - Planeta dos Animais

O lamentável estado dos animais do circo Roma Dola em Granada, na Espanha.

- novembro 30, 2018



A Fegrapa denunciou o estado horrível dos animais do circo Roma Dola. O PACMA colocará em seu programa eleitoral o fim do circo com animais.



A Federación Granadina de Asociaciones de Protección Animal (Fegrapa) acaba de revelar a situação na qual se encontram os animais usados pelo Circo Roma Dola em seus espetáculos. O circo, que está localizado em Salar, e já passou por Valderrubio, Láchar, Chauchina, Cádiar, Cijuela e Casanueva, terá como próximo destino, se a prefeitura não o impedir, o município de Loja. Conforme pode comprovar a Fegrapa, a empresa circense mantinha um hipopótamo exposto ao sol de forma permanente, leões com enfermidades psicológicas como estereotipias, pôneis com sujeira e insetos, dois dromedários semiabandonados e sem dentes, e um pato com as duas asas fraturadas e malcuidadas. Essa descoberta causou uma enorme indignação em Granada e nas redes sociais.



O Partido Animalista é o único partido político em Espanha que propõe o fim dos circos em toda Espanha. Com certeza, em seu programa eleitoral para as próximas eleições em Andaluzia adquirirá o compromisso de colocar um fim aos circos com animais. “Os animais explorados em circos passam a maior parte de suas vidas viajando enjaulados e acorrentados. São submetidos a treinamentos muito duros e baseados no castigo. O tratamento que recebem, o cativeiro e a frustração… fazem com que eles padeçam de transtornos mentais graves. No caso deste circo, ficam claros pelo estado em que se encontram os leões, com estereotipias, que são repetições de movimentos constantes”, explica a candidata à Junta de Andaluzia do Partido Animalista, Eva Ramos. Além disso, ressalto que “é hora de estes espetáculos cruéis com os animais serem proibidos em toda a Andaluzia”.

Fonte: olharanimal
Advertisement