Homem atropela cachorro na estrada e não percebe - 300 quilômetros depois, latidos fracos são ouvidos de baixo do carro. - Planeta dos Animais

Homem atropela cachorro na estrada e não percebe - 300 quilômetros depois, latidos fracos são ouvidos de baixo do carro.

- dezembro 03, 2018


Cachorros são criaturas realmente incríveis. Eles servem em missões de resgate e fazem parte de pelotões em campo de batalha, os cães parecem capazes de fazer, praticamente, qualquer coisa. Em um caso surpreendente, um filhote conseguiu sobreviver preso ao para-choque de um carro em movimento, por centenas de quilômetros.

Homem atropela cachorro sem perceber

Um homem estava dirigindo em uma longa viagem na China, quando bateu em um cachorro sem perceber. O homem já tinha dirigido 300 quilômetros, mas não havia notado nada incomum. Ele só percebeu que tinha atropelado um animal muito tempo depois, mas estava dirigindo rápido demais para encostar. Quando olhou em seu espelho retrovisor, ele não viu o cachorro na estrada. O homem presumiu que o cachorro tivesse fugido para algum lugar.

Como ele estava em uma estrada movimentada, o homem continuou dirigindo por 300 quilômetros. Ele se sentiu mal a respeito do cachorro, mas disse a si mesmo que o filhote provavelmente tinha sobrevivido. Ele não tinha visto um corpo quando foi embora, então, pensou que o cão tivesse sido forte o suficiente para se afastar.

Um latido inesperado surpreende o homem

O homem continuou dirigindo por 300 quilômetros na estrada. De repente, ele ouviu um barulho de latido. Ele não conseguia descobrir de onde o som estava vindo. Ele tentou abrir a janela e desligar o rádio. Parecia que o barulho vinha de dentro do carro dele.

O homem imediatamente procurou um lugar para estacionar. Para sua surpresa, ele encontrou o cachorro preso ao para-choque do carro. Ele conseguiu ficar no para-choque por mais de 300 quilômetros. O pobre cachorro estava ferido e completamente aterrorizado.

Agora que o homem finalmente descobriu o que tinha acontecido com o cachorro, ele sabia que tinha que fazer alguma coisa. Ele imediatamente levou o filhote a um veterinário. Depois de atender o filhote, o veterinário limpou as feridas e o devolveu ao homem.

O homem sentiu que isso era um sinal. Depois de causar tanto mal ao cachorro, ele sentiu que o bichinho merecia ser adotado. O cachorro tinha escapado de um grande perigo. Parecia destino.

Este cachorro foi realmente incrível. Ele sobreviveu a um atropelamento por um carro em alta velocidade, e ficou preso no para-choque por mais de 300 quilômetros. Depois de um dia tão traumático, o filhote tinha um novo lar com um dono agradecido. Milhões de cães são atropelados a cada ano, mas a maioria deles morre ou sofre ferimentos graves. Poucos são tão sortudos quanto este cachorro.

Só nos Estados Unidos, 1,2 milhão de cães são mortos em estradas e rodovias anualmente. Estima-se que o número de gatos mortos nas estradas seja de mais de 5,4 milhões por ano. Cães de pelagem escura são especialmente vulneráveis, porque os motoristas não conseguem percebê-los à noite. Cães pequenos também são difíceis de se ver, até que seja tarde demais para o motorista parar ou desviar.

Em todo o mundo, os animais são frequentemente atropelados e mortos por motoristas. Muitas vezes, não é seguro para o motorista parar o carro. Nestes casos, o pobre filhote morre na estrada. Outros animais como tatus, gambás e veados também são atropelados em estradas movimentadas.

Animais selvagens tentam atravessar a estrada para localizar parceiros, novos territórios e comida, mas acabam sendo mortos pelos carros que passam por ali.

Esta história mostra o quão importante é observar os animais nas estradas. Embora nem sempre seja possível parar e ver se o animal está ferido, é sempre bom tentar prestar auxílio, se for possível estacionar com segurança. Felizmente, este cachorro em particular acabou tendo um final feliz.


Fonte: apost
Advertisement