Cachorro militar é separado de seu amado sargento. Dois anos depois, o labrador ouve ele chamando seu nome.

- março 03, 2019


Quando um homem passa cinco anos constantemente ao lado de sua companhia canina, se estabelece um vínculo raro de dependência e confiança. Há alguns sentimentos que o seu cachorro tem ao seu lado, protegendo-o, oferecendo bondade e compaixão.



Imagine o nível de fidelidade e confiança nos momentos mais inquietantes das dificuldades, nos mais brutais momentos da vida, quando todo dia você não sabe se vai morrer ou ficar vivo. Bem, estas foram as circunstâncias que o sargento Jason Bos enfrentou com sua parceira Cila, uma K9 treinada militarmente e que trabalhou ao seu lado por cinco anos no Iraque.

Eles foram juntos em aproximadamente 100 missões que incluiam farejar e detectar bombas no acostamento, juntamente com o serviço secreto.
Finalmente, em 2012, o sargento Jason Bos se aposentou quando teve uma lesão na coluna que o enviou de volta para os Estados Unidos. Mas o maravilhoso labrador cor de chocolate ainda estava cumprindo seu dever e continuaria por anos até ela se aposentar. Sargento Bos não sabia se veria Cila novamente ou quais eventos ela ia presenciar enquanto ela estava em serviço executando o perigoso dever pelo seu país.





Depois de dois longos anos, sargento Bos enfrentou um longo caminho para se recuperar da lesão nas costas, mas seu coração nunca se curou totalmente da perda de sua melhor amiga. Como se fosse destino, logo depois ele descobriu que Cila, a cadela militar K9, finalmente iria se aposentar de seus anos de serviço.

Juntamente com American Humane Association e Mission Canine Rescue, um veterinário militar voou com a cadela da Alemanha para Chicago, onde o sargento Jason Bros estava esperando por ela.



O momento em que Cila ouviu sua voz, a atenção dela foi completamente capturada, incapaz de esquecer da pessoa na qual ela passou cinco anos como uma parceira inseparável e protetora.

Quando perguntou sobre o futuro deles, Jason Bos respondeu que eles estavam ansiosos para trabalhar com veteranos ajudando eles a lidar com a pós-implantação e os problemas que isto trazia. E Cila vai ficar contente assumindo sua posição como o animal de estimação da família em sua casa no Michigan.


Qual sua opinião sobre esta história inspiradora? Cachorros estão servindo nosso exército ao lado de nossos corajosos soldados e merecem mais reconhecimento, certifique-se de ajudar a espalhar este texto, assim eles podem ser mais reconhecidos.

Fonte: Blog Animais

Advertisement