Cão resgatado faz racionamento da própria ração. Apesar de ganhar muito amor, ele não quer passar fome de novo .

- março 27, 2019







Viver em abandono e miséria nunca será fácil. Teremos que fazer tudo para encontrar abrigo e comida para sobreviver. E se para os humanos é complicado, imagine para os animais, eles que não podem falar e pedir o que precisam.

Otávio está bem ciente disso, um filhote que hoje é extremamente feliz, mas que teve um passado de abusos que deixaram marcas em sua vida.

Acontece que o animal vivia com uma família que adotava muitos cães e depois os negligenciava e maltratava. Mas, felizmente, uma equipe de resgate foi até eles e lhes deu uma nova oportunidade, levando-os a um abrigo e cuidando deles até que fossem adotados.



Otávio não conhecia a felicidade e o que era uma verdadeira família quando Joice Lamas e seu marido o levaram para casa.

“Desde o primeiro momento em que o vimos, nunca nos separamos”, disse Lamas ao The Dodo.



E embora a princípio ele fosse um cão totalmente tímido e desconfiado ao contato humano, certamente pelo tratamento que recebeu no passado, com o tempo ele compreendeu que estava seguro e mais tremia quando alguém o acariciava. Além disso, agora ele gosta de aconchegar-se.

No entanto, existem alguns comportamentos que mostram que ele ainda carrega algumas cicatrizes profundas de sua antiga vida, como a maneira como ele come.

Segundo sua dona, toda vez que ela serve comida, Otávio sempre come metade. Embora não se saiba ao certo o motivo dele fazer isso, sua família acredita que isso tem a ver com os anos que ele passou sendo negligenciado.



Eles provavelmente serviam comida a ele de vez em quando, então ele costumava economizar um pouco para os outros dias ou talvez ele reservasse para dar algo para os outros cães famintos com quem ele vivia.

“É triste”, disse Lamas. “Eu sempre digo pra ele: ‘Tudo bem se você comer tudo’.”



A boa notícia é que agora ele nunca terá falta de comida, amor ou cuidado. Finalmente, ele encontrou uma família que o ama como ele merece e poderá curar suas feridas e com absoluta certeza. É apenas uma questão de tempo.



Traduzido e adaptado do site UPSOCL, por A Soma de Todos os Afetos



Advertisement