Cachorro encontrado vivendo do lado de fora da casa depois que seus donos se mudaram e o deixaram para trás.

- abril 22, 2019


Cachorros são criaturas leais, até mesmo quando os humanos não merecem lealdade. Quando uma família se mudou, eles deixaram para trás seu labrador dourado. O cachorro gastou o dia inteiro deitado na terra em frente à sua antiga casa, esperando pelo retorno da família.

O cachorro, que foi depois chamado de Larry, viveu com migalhas durante meses, enquanto esperava pacientemente pelo retorno de sua família. Uma motorista de uma empresa de entrega não conseguia mais ver Larry sofrer. Partia seu coração ver o cão deitado na terra, mas ela não podia adotá-lo.

Ela tirou fotos de Larry e fez uma conta do Instagram chamada oldboy909. Ela postava uma foto nova todos os dias, até que chamou atenção da Love Leo Rescue, uma organização de resgate de animais localizada em Los Angeles.


A post shared by Love Leo Rescue (@loveleorescue) on Aug 21, 2018 at 11:12am PDT
Sasha Abelson, a presidente do Love Leo Rescue, entrou em contato com as equipes de resgate para trazê-lo para Los Angeles. Os socorristas conseguiram colocar Larry, mesmo nervoso, dentro de seus carros e dirigir por duas longas horas até Los Angeles.

Quando Larry chegou no Love Leo Rescue, a equipe achou que seu abdômen estava inchado. Ele não tinha tido uma refeição saudável durante meses. Larry devia estar abaixo do peso.


Ele também perdeu parte do pelo e tinha dificuldades para caminhar. A Love Leo Rescue levou o cachorro ao veterinário que o diagnosticou com Doença de Cushing. A Doença de Cushing é comum em cachorros velhos e é tipicamente causada por um tumor não-cancerígeno na hipófise.

A post shared by Love Leo Rescue (@loveleorescue) on Sep 3, 2018 at 1:35pm PDT
Sintomas da doença de Cushing em cachorros incluem fome e cede excessiva, problemas de comportamento, micção frequente, perda de pelo, ofegação, estômago inchado e acúmulo de gordura em seus ombros e pescoços.

A cirurgia não foi uma opção para Larry. O veterinário estimou que ele tinha 8 anos de idade e a cirurgia era muito perigosa em sua condição atual. Larry iria precisar tomar remédio todo dia pelo o resto de sua vida.

Larry gastaria os próximos 45 dias no hospital de animais, se ajustando aos novos medicamentos. À primeira vista, o cachorro estava deprimido e atacava os outros animais, mas a doença de Cushing pode afetar a personalidade do cachorro.

A post shared by Love Leo Rescue (@loveleorescue) on Oct 16, 2018 at 7:56am PDT
O temperamento de Larry mudou assim que ele se ajustou às suas medicações. Se tornou um cachorro mais afetivo e começou a brincar com os outros cachorros. Ele foi transferido para uma creche de cachorros para que ele pudesse gastar tempo fora e socializar com os outros animais.

A equipe Love Leo se impressinou com a transformação. Apesar de tudo que ele passou, ele encontrou a confiança em seu coração novamente. Agora vem a parte difícil: encontrar um lar para Larry.

Os remédios de Larry custam quase 700 reais por mês. Não são muitas famílias que querem adotar um cachorro com uma condição crônica de saúde. Larry também desenvolveu ansiedade de separação e, às vezes, se acidenta.

Larry foi expulso de três lares adotivos devido sua ansiedade de separação. Ninguém culpa Larry por ter este tipo de ansiedade depois de tudo que ele passou, mas a organização precisa encontrar alguém ame animais e possa adotá-lo.

Duas pessoas potenciais desistiram de Larry no último minuto, mas agora isso aconteceu: Dia 6 de dezembro de 2018, o labrador Larry encontrou seu lar. Ele agora mora com uma família que caminha diariamente com ele, faz muito carinho na sua barriga e coça sua orelha, bem no lugar preferido de Larry. E, mais importante, esta família nunca irá abandoná-lo.

Fonte: apost / Redação
Advertisement