Estudo revela que Cães sentem emoções como uma criança - Planeta dos Animais

Estudo revela que Cães sentem emoções como uma criança

- 8:56 AM




Nos últimos anos, diversos estudos científicos revelaram que os cães podem sentir emoções semelhantes às dos seres humanos.

Um estudo foi realizado na Universidade Emory, em Atlanta, nos Estados Unidos, e mostrou que os cães podem ter sentimentos iguais aos de uma criança. O nível de sensibilidade entre as duas espécies é muito semelhante.

O estudo foi realizado pelo neurologista Gregory Bens, após realizar o teste com vários cães, incluindo o seu.



Estudo revela que Cães sentem emoções como uma criança

O experimento teve por objetivo em usar vários cães e colocá-los sob um scanner de ressonância magnética. Ao longo do exame, os cães receberam diferentes tipos de estímulos que criaram alguma atividade cerebral.

De acordo com a pesquisa, a atividade cerebral dos cães elevou quando eles receberam sinais relacionados à comida ou ao cheiro de pessoas familiares.



Filhotes podem ser otimistas ou pessimistas?


Ou seja, quando um cão fica sozinho em casa, ele fica ansioso e demonstra claramente com seus latidos, destruindo coisas ou fazendo suas necessidades fisiológicas dentro de casa.

Por outro lado, um estudo também relacionado a emoções em cães, mostrou que cães, assim como humanos, podem apresentar sentimentos de otimismo ou pessimismo.



Nesse sentido, o estudo revelou que os cães estavam ansiosos quando deixados sozinhos. E que eles apresentaram comportamentos pessimistas.

Um novo método


O professor Mike Mendl é responsável pelo grupo de pesquisa da Universidade de Bristol, no Reino Unido, onde o estudo foi realizado.

Os pesquisadores conduziram o estudo com 24 cães que haviam entrado recentemente em um abrigo de reassentamento no Reino Unido.

“Sabemos que os estados emocionais das pessoas afetam seus julgamentos. E que as pessoas felizes são mais propensas a julgar uma situação ambígua de maneira positiva. Através do nosso estudo, foi demonstrado que isso também se aplica aos cães “.

Os resultados sugerem que o comportamento considerado problemático para os proprietários também tem um significado emocional para os animais. Embora o comportamento em si não seja comprovado.

Além disso, surge a possibilidade de alguns cães serem mais propensos a responder com ansiedade quando deixados sozinhos.

Isso é importante porque o comportamento relacionado à separação é comum em cães. Portanto, prever esse comportamento pode servir para tratá-los corretamente, para que eles possam alcançar um estado de bem-estar.

Nos cães, segundo os pesquisadores, esse tipo de comportamento é provavelmente devido à estreita relação que os filhotes têm com os humanos.


Via:Portal do Amigo Cão
Advertisement