Golfinhos salvam cão de afogamento ao gritar por ajuda.

- abril 01, 2019


Golfinhos estão entre os animais não-humanos mais inteligentes do planeta, sua capacidade de cognição associada a sua sensibilidade e doçura os tornam seres especiais e únicos. Mas além disso tudo, eles ainda são solidários, se não fosse por eles a vida de um cachorro teria chegado ao fim.

Ninguém notou quando ou como o cão da raça dobermann caiu no canal de Marco Island, na Flórida (EUA). Sem humanos por perto, o destino do pobre cão parecia estar selado. Mas, então, de repente, magníficos golfinhos vieram em seu socorro.

Eles notaram que o cachorro estava lutando para sair da água, o que era praticamente impossível, já que estava preso no canal e as paredes que separavam a água da terra eram altas demais para serem escaladas.

O animal estava se debatendo e isso foi o suficiente para os golfinhos perceberem que ele estava com problemas.

O que esses golfinhos espertos fizeram em seguida foi inesperado e surpreendente. Todos eles começaram a fazer barulho ao mesmo tempo, juntos, esperando que alguém os ouvisse e viessem ver o que estava acontecendo.

“Na verdade, eles fizeram tanto barulho que algumas pessoas que moravam ali perto ouviram e se aproximaram para ver porque eles estavam sendo tão barulhentos”, relata Snackay. “Então eles viram o cão preso logo abaixo da parede, na água do canal.”

Em questão de minutos, após descobrir que o cachorro que estava se afogando, os bombeiros foram chamados e entraram em cena, retirando o dobermann da água. O cão aparentava estar muito assustado, com muito medo, pois o animal não conseguia parar de tremer, segundo informações do The Science News Reporter.

Segundo a equipe dos bombeiros, o cachorro passou cerca de 15 horas na água. É realmente incrível que ele tenha conseguido permanecer vivo por tanto tempo. O cão também estava desidratado porque ficou sem tomar agua e caso bebesse água salgada do canal apenas levaria a uma desidratação ainda mais grave.

Tanto as pessoas presentes ao resgate, como vizinhos e a própria equipe de salvamento estavam de acordo que, sem a ajuda dos golfinhos, o cão não teria sobrevivido

Há também muitos casos documentados de golfinhos salvando vidas humanas.

São esses animais notáveis, espertos e solidários que o ser humano mantém presos em cativeiros minúsculos de parques aquáticos, explorando suas habilidades para entretenimento, por dinheiro e os privando da possibilidade de percorrer o oceano, conviver entre os seus e desfrutar de sua liberdade.


Fonte:Anda



Advertisement