Arrastando a perna quebrada, ela ainda tinha forças para levar sua salvadora até seus bebês.

- maio 09, 2019


Amor de mãe é único e verdadeiro. É para uma vida inteira, e jamais é passageiro.

O espírito de luta de uma mãe não tem limites, mas os animais, sem dúvida, nos dão várias lições sobre isso. E quando achamos que já vimos tudo sobre o que eles são capazes de fazer pelo bem de seus filhos, uma história nos deixou verdadeiramente sem palavras.

Lianne Powell, uma britânica de 49 anos, encontrou a cena mais comovente quando descobriu uma cadelinha, da raça galgo, que teria sido abandonada por caçadores, no final do inverno.

Essa história aconteceu em Turre, na província de Almería, Espanha, em janeiro de 2017.

A cadelinha de dois anos de idade foi encontrada vagando pelo mercado de Vera, com uma perna quebrada e em um estado lastimável de desnutrição, rastejando com a última força que lhe restava.

Lianne imediatamente a levou para uma veterinária amiga, Ellen Sobry, que administra a “Clinivet Clinic”,  em Turre, para que eles pudessem atendê-la.

Eles decidiram chamá-la de Vera, por causa do lugar onde a encontraram. Eles não podiam acreditar que ela ainda estava viva depois de descobrir o terrível estado em que ela estava.

Mas só mais tarde eles entenderam que ela tinha uma razão mais do que poderosa para continuar lutando.

De repente, eles perceberam que ela estava produzindo leite, então ela provavelmente teria dado à luz recentemente. Depois de dar-lhe primeiros socorros e colocar um gesso, eles esperaram para ver sua reação e ficaram sem palavras.

“Mancando e, às vezes, arrastando seu gesso, ela nos conduziu pelas ruas secundárias e pelas estradas principais sobre os campos e estradas rochosas”, disse Lianne.

O que ela fez foi o que qualquer mãe dedicada teria feito, ela fez seus resgatadores segui-la por intermináveis ​​3 quilômetros.

Lianne e Ellen não podiam imaginar onde Vera as levaria… Elas simplesmente andaram e a seguiram!

“A certa altura, ficamos preocupados que ela estivesse apenas tentando encontrar a casa dela, mas de repente ela subiu em um caminho pequeno e lamacento e nos levou a uma casa abandonada, atravessou um pátio e nos levou a um carro.”

Elas nunca imaginaram que depois de andar tanto, chegariam em um carro velho, cheio de sujeira e galhos, onde na parte de trás estava se reunirá 10 belos e saudáveis filhotes… Eles foram capazes de sobreviver, graças à incrível força de sua mãe.

É difícil imaginar como esse corpo frágil ainda tinha energia suficiente para produzir leite e alimentar os 10 pequenos filhotes.

“Nem precisa dizer que houve lágrimas em todos os lados. No estado em que ela estava, ainda conseguiu se defender sozinha e cuidar de 10 filhotes, é incrível”, disse Lianne.

Veja no vídeo, o momento emocionante em que elas se encontram com os bebês:

“Vera não nos conhecia, nós só a tínhamos visto uma hora antes, então foi realmente incrível como ela decidiu confiar e nos mostrar onde eles estavam.”

O carro abandonado em que Vera deu à luz a seus filhotes teve as janelas cobertas por caixas de papelão.

A mãe se reuniu com seus filhotes adoráveis ​​e foi impossível segurar as lágrimas ao ver seu profundo amor.

Vera começou a se recuperar apenas pela força do amor.

E os filhotes agradeceram com o melhor das carícias.

As crianças foram deixadas sob os cuidados de Ellen e da equipe da Clínica, à medida que se fortaleciam para procurar uma casa.

E em questão de 5 meses, Vera a levou para casa na Inglaterra.

Ela adora fazer o “croquete” no gramado, ela é um pouco tímida, mas está ficando mais gordinha, cercada pelo amor que merecia.

Fonte: euamoosanimais / Redação
Advertisement