Por trás de cada selfie turística, um animal sofre. Eles são espancados diariamente para obedecer ordens.

- junho 21, 2019

Hoje está se tornando mais fácil viajar para outros países e conhecer suas culturas. No entanto, muitos estão aproveitando isso para lucrar com os animais , pois eles oferecem fotos de souvenirs tentadoras com tigres, ursos ou outros animais selvagens que parecem ser totalmente inofensivos.

Mas se eles são assim ... é porque foram totalmente maltratados para obedecer às suas ordens.
O problema é que os turistas não conseguem perceber o abuso , já que ninguém vai prejudicar os animais na frente das pessoas, por isso é um negócio totalmente desconhecido que parece nunca acabar.

Kirsten Luce - National Geographic


É mais, ultimamente, com a existência de redes sociais, onde todos compartilham imagens de suas viagens, muitos influenciadores e celebridades incentivam a tirar esse tipo de foto , sem saber o profundo dano que estão causando a esses animais inocentes.



Twitter @Zesty Celebrity News

Mas é senso comum. Se um animal é conhecido por ser selvagem não tem problemas com ele que ele representa para o seu lado, ó montes de costas ou dar-lhe um beijo, obviamente, algo estranho acontece , pois ninguém em seus instintos selvagens suportar alguma coisa.





Kirsten Luce - National Geographic

De acordo com a Proteção Animal World , mais de 40 por cento das fotos com esses animais mostram algum tipo de interação vicioso, entre os quais destaca o contato físico, isto é, dar um abraço ou segurando o animal nos braços , porque o estresse para o qual eles são obrigados com uma fotografia é muito alta.



Kirsten Luce - National Geographic

Além disso, vários relatam que os espancaram para mantê-los subjugados e para que possam obedecer às suas ordens de posar com os turistas.


Diga NÃO ao abuso de animais e não tire fotos com eles.

Fonte:UPSOCL/ Javiera Gonzalez Ruiz

Advertisement