A única girafa branca fêmea do mundo, acaba de ser morta por caçadores, junto com seu filhote.

- 10:43 PM

A girafa fêmea branca que existia no Quênia foi encontrada morta junto do filhote de 7 meses. Eles eram os únicos espécimes de girafa totalmente brancos na região.

De acordo com a notícia publicada via Twitter pelo @NRT_Kenya, os guardas florestais que encontraram o cadáver da girafa branca, disseram que ela foi morta por caçadores na reserva ambiental de Ishaqbini Hirola, que fica na região de Ijara, no Leste da África.

A espécie de girafa branca tem uma condição chamada leucismo, que é uma particularidade genética causada por um gene recessivo. O leucismo dá a cor branca aos animais que normalmente são de outra cor. Essa condição pode fazer com que o animal fique total ou parcialmente branco.

O leucismo é parecido com o albinismo, mas a diferença está na coloração dos olhos, pois essa não muda e não fica sensível ao sol. Pelo contrário, no leucismo, os olhos ficam até mais resistentes à claridade, pois a coloração branca da pele do animal reflete os raios solares.

A morte das girafa branca e seu filhote representam não apenas uma perda para o turismo da região, mas também “um golpe nas medidas tomadas pela comunidade para conservar espécies raras e únicas”, falou Mohammed Ahmednoor, gerente de Conservação da Reserva de Ijara.

A comunidade de Ijara e todo o Quênia estão muito tristes com essa perda, pois todo o trabalho de cuidado e preservação desses animais foi perdido por causa de uma atividade tão cruel e egoísta.

Infelizmente, a caça ainda é permitida em alguns lugares, mas existe uma luta constante para que ela seja proibida no mundo inteiro e para que haja punições mais severas para quem a exerce de forma ilegal.

É de cortar o coração… Salvem todas as girafas.

Via: greenme
Advertisement