Conheça Parafina, o cão surfista de Santos (SP). - Planeta dos Animais

Conheça Parafina, o cão surfista de Santos (SP).

- 8:25 PM


No fim de setembro, animal representará a Baixada Santista na maior competição para cães surfistas do mundo.

Os cães são conhecidos como os melhores amigos do homem, fiéis companheiros para todos os momentos.

E esses momentos incluem, principalmente, os de lazer.

Em Santos, no litoral de São Paulo, um cão SRD (sem raça definida) chamado Parafina ficava na praia da Cidade, acompanhando os bombeiros.

Posteriormente, passou a acompanhar os maratonistas, cães com seus tutores, e outras atividades da praia.

Dessa forma, ele “adotava” diferentes tutores, sempre no ambiente praiano. Um dos amigos conquistados foi Augusto Martins, professor de surfe, e juntos construíram uma história de cumplicidade no mar.

Em 2011, Parafina passou a subir na prancha de Martins, praticante de stand up paddle. No início de 2013, o professor decidiu levar o cão para casa.

Dupla se aventura na água desde 2011. Foto: André Marasco Fotografia

O cãozinho não se intimida com o tamanho das ondas e, em 2016, participaram pela primeira vez do Surf City Surf Dog, na Califórnia, Estados Unidos.

Estreante na competição, em Huntington Beach, Parafina conquistou o 2º lugar na categoria Shredder (solo) e 3º no Tandem Sup (com o dono).

Parafina conquistou 2º lugar na maior competição mundial de cães surfistas. Foto: Divulgação

Em 2019, na sua 4ª participação no evento, o cão veterano irá representar mais uma vez a Cidade de Santos e, além disso, o Santos Futebol Clube.

Yuri Alberto, atacante do Peixe, teve aulas com Martins e, na última semana, esteve na praia do José Menino para pegar onda com o cãozinho.

Parafina representará a equipe alvinegra. Foto: Ivan Storti/Santos Futebol Clube

O cão será o único representante de um time. Foto: Ivan Storti/Santos Futebol Clube

Preparo

O Surf City Dog Surf acontecerá em 28 de setembro, em Huntington Beach, na Califórnia (EUA).

A competição possui quatro categorias, de acordo com o porte dos cães. Além disso, os animais podem surfar sozinhos ou acompanhados de um tutor.

As baterias duram 10 minutos, e o tempo começa a contar enquanto eles ainda estão na areia (beach start).

Para Martins, a expectativa é boa, apesar de o mar ser um pouco imprevisível. “Espero que a gente consiga ter a sorte de ondas boas, e consiga trazer o título.”

Como instrutor de surfe, Augusto tem ritmo forte de treinos, acompanhado de Parafina: “A gente sempre tá treinando, caminhando, nadando”.

Parafina Surf Dog

O cão praieiro conquistou milhares de seguidores na internet. Foto: Arquivo Pessoal

O tutor garante que o cão, de 13 anos, descansa bastante, tem boa alimentação, e está com exames e consultas veterinárias em dia.

O cotidiano da dupla pode ser acompanhado no Facebook e Instagram.

Além de Parafina, o Brasil será representado por Maya – do Espírito Santo, e Bono – do Rio de Janeiro.

Via: mundodospets
Advertisement