Em dois meses, Gremar realizou 18 solturas de animais reabilitados em Guarujá, SP.

- 9:34 AM


Dez tartarugas (nove da espécie Chelonia mydas e uma da espécie Caretta caretta), quatro gaivotas (Larus dominicanus), dois atobás (Sula leucogaster) e duas fragatas (Fregata magnificens) foram reintegradas à natureza durante os meses de janeiro e fevereiro de 2020 pelo Instituto Gremar.

As ações são resultados do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS).

Os animais foram encontrados por técnicos do Gremar em sua rotina diária de trabalho e também por meio de acionamento feito por munícipes, servidores municipais e autoridades ambientais, por meio do telefone 0800-642-3341.

Todos passaram um período no Centro de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos, no Guarujá (SP), onde foram estabilizados e medicados e receberam cuidados especiais quanto à alimentação e hidratação.

Diversos testes também foram realizados. No caso das tartarugas, fatores como a flutuabilidade e a respiração são fundamentais para atestar a melhora em suas condições. Já em relação às aves, a retomada da aptidão ao voo costuma ser prioritária, além do preening (capacidade de impermeabilizar as próprias penas).

Todos os animais foram submetidos a exames laboratoriais e apresentaram valores dentro da normalidade, tornando-os definitivamente aptos à soltura.

O Projeto

O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. O Gremar monitora o Trecho 9, compreendido entre São Vicente e Bertioga.

Para acionar o serviço de resgate de mamíferos, tartarugas e aves marinhas, vivos debilitados ou mortos, entre em contato pelos telefones 0800 642 3341 ou (13) 99711 4120.

Via: olharanimal
Advertisement