Encontra um filhote ferido em seu jardim e descobre que se trata de um Dingo, espécie em extinção. - Planeta dos Animais

Encontra um filhote ferido em seu jardim e descobre que se trata de um Dingo, espécie em extinção.

- 7:45 AM

Na Austrália, uma mulher chamada Jane encontrou um filhote em seu jardim em Wandiligong, no nordeste de Victoria. Ela não esperava por tamanha surpresa, quando descobriu de qual animal se tratava o filhote.

Jane ouviu latidos vindos de fora da casa e se deparou com um animal pequeno e não soube identificar se era um cachorro abandonado ou perdido, ou uma raposa.

O filhote era diferente e estranho, então a mulher decidiu levá-lo ao veterinário.

Quando o filhote foi levado à clínica, ele tinha entre oito e dez semanas. Na clínica veterinária, o Dr. Rebekah Day encontrou feridas nas costas do animal e levantou a hipótese de que o filhote era um espécime de dingo, que provavelmente havia caído das garras de uma ave de rapina, uma águia, por exemplo, aterrissando no jardim de Jane.

O Dr.  Rebekah Day entrou em contato com a Australian Dingo Foundation para identificar exatamente a espécie do filhote e também fez testes de DNA no animal.

Os resultados dos testes foram obtidos alguns dias atrás, confirmando as suspeitas da Australian Dingo Foundation: o filhote ao qual foi dado o nome de Wandi, é um dingo alpino 100% puro.

A espécie dingo (Canis lupus dingo) é constituída de canídeos de origem asiática introduzidos na Austrália, há cerca de 4.000 anos, trazidos da Ásia por navegadores austronésios.

Com a chegada dos colonos europeus à Austrália e a criação dos rebanhos de ovelhas, os dingos começaram a ser perseguidos e caçados pelos fazendeiros e criadores destes rebanhos, por considerarem a espécie uma ameaça às suas ovelhas.

Infelizmente, a espécie desse animal tão fofo que foi encontrado no jardim de Jane, está listado como vulnerável pela IUCN, e atualmente está ameaçada de extinção pela caça e destruição de seu habitat.

O dingo é um canídeo selvagem que tem destaque na cultura dos aborígenes australianos com várias histórias, esculturas e pinturas rupestres com esse animal.

Wandi agora está na fundação e santuário Australian Dingo Foundation, uma organização sem fins lucrativos que dedica-se à preservação dessa espécie.

Agora, este pequeno dingo está sendo cuidado por essa entidade, que até criou um perfil no Instagram para registrar e mostrar o desenvolvimento  deste filhote.

Para cooperar com essa entidade, Jane lançou um levantamento de fundos para ajudar esta associação a garantir os melhores cuidados a Wandi. Para colaborar é só entrar no site Gofundme.

Conheça Wandi Dingo nesta reportagem da 9 News mostrada neste vídeo.

Que mais ações surjam para a defesa e preservação dessa espécie.

Via: greenme
Advertisement