Homem que tinha cachorros congelados dentro de casa em Imbé (RS) é indiciado por maus-tratos.

- 7:10 AM


O homem que tinha cinco cachorros congelados em casa, em Imbé, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, foi indiciado pela Polícia Civil. Ele vai responder pelo crime de maus-tratos contra animais, segundo o delegado Antônio Carlos Ractz Júnior.

A pena prevista é de 3 meses a 1 ano de reclusão, aumentada de 1/6 a 1/3 porque houve morte de animais, mais multa. A penalidade está prevista na lei de crimes ambientais.

De acordo com o delegado, em depoimento para a polícia, o homem disse que os cachorros que foram encontrados mortos haviam sido envenenados. “Ele disse que congelou porque pretendia submeter eles a uma autopsia”, diz.

Ractz explica que não foi feita uma necropsia para saber se, de fato, os cachorros foram envenenados. Segundo o laudo feita por uma veterinária, os cachorros morreram em decorrência de maus-tratos, por falta de comida.

A investigação também recebeu informações de que o homem, que não teve a identidade revelada, recolhia os animais da rua e levava para casa. “Soubemos que a filha dele internou o homem em uma clínica psiquiátrica”, diz.

Além dos cinco animais congelados, outros doze cachorros foram resgatados pela Polícia Civil, na casa do suspeito. Eles estavam em situação precária, sem comida e sem água. Um deles foi adotado pela própria polícia.

Via: olharanima
Advertisement