Médico veterinário esclarece informações sobre Covid-19 e pets. - Planeta dos Animais

Médico veterinário esclarece informações sobre Covid-19 e pets.

- 6:34 AM


Fake news afetam também a convivência com os animais de estimação. Confira o artigo de Eduardo Ribeiro Filetti sobre o assunto.

Em tempos de pandemia de Coronavírus as notícias falsas já começam a atingir os animais apesar deles não transmitirem a doença aos humanos. Esta doença já é complicada por natureza com as fake news e o preconceito podem piorar muito a vida dos nossos pets. Como médico veterinário tenho a obrigação de alertar que cães e gatos não transmitem o Coronavírus Covid-19. Muitas pessoas abandonaram seus animais domésticos em várias cidades do mundo por estas noticias criminosas.

O coronavírus que é comum em animais não é zoonose (doença que transmite para humanos) e tem forma gastroentérica (vômitos, diarreia , dor abdominal) e o contágio se da por fezes contaminadas. Existe vacina para esta virose nos cães chamada de vacina V8 ou V10 que vai deixar o pet imunizado por um ano. Uma notícia que em Hong King um cão foi levado a quarentena por ter vestígios do Covid-19 apavorou o mercado pet. Embora a tutora do animal tenha sido infectada, os testes mais complexos deram negativo para o cão. Os médicos e o governo de Hong Kong fizeram questão de divulgar o resultado diminuindo o medo, negando a possibilidade de transmissão humano-animal. O teste inicial do cão teria dado positivo fraco com vírus encontrado nas suas cavidades nasais e orais. Estes vírus que foram encontrados no cão eram devido a contaminação ambiental, já que o cachorro naturalmente tem contato físico com seu tutor (lambidas etc).

Especialistas do mundo todo sabem que este tipo de coronavírus Covid-19 veio de uma mutação do vírus animal presente em cobras e morcegos. Na China, muitas pessoas se alimentam com estes tipos de animais e, devido a este tipo de alimentação, houve uma mudança do vírus que veio mais forte e passou a infectar humanos que ainda não tem imunidade para esta doença. Um pesquisador na China alertou sobre este novo vírus que afetaria humanos mais inicialmente foi ignorado pelas autoridades locais.

Os tutores de animais não devem ter este tipo de preocupação pois os cães e gatos não transmitem esta virose. Neste momento o mais importante é disseminar a verdade, pois nossos animais não transmitem esta patologia. Qualquer artigo e ou pessoa que mostrar o contrário está gerando o preconceito e ódio contra os animais incentivando o abandono e maus tratos o que é crime.

Eduardo Ribeiro Filetti é médico veterinário, professor universitário e mestre em Saúde Pública

Via: mundodospets
Advertisement